top of page
Buscar
  • Adauto Silva

Ela matou os pais: 'Suzane Richthofen é solta após Justiça conceder progressão para o regime aberto

Suzane von Richthofen wue estava presa desde 2002 é solta após Justiça conceder progressão para o regime aberto



Suzane von Richthofen, presa desde 2002 por matar os pais, foi solta na tarde desta quarta-feira (11), após a Justiça conceder progressão para o regime aberto. Ela cumpria pena há 20 anos e atualmente estava em um presídio em Tremembé, no interior de São Paulo.



De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), Suzane deixou a Penitenciária Feminina I Santa Maria Eufrásia Pelletier por volta 17h35 desta quarta-feira.

Por meio de nota, o Tribunal de Justiça informou que o caso corre sob segredo de Justiça, mas confirmou que em decisão da 2ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté, foi concedida a progressão ao regime aberto, após ser verificado o cumprimento dos requisitos estabelecidos pela Lei de Execução Penal.



Em 2002, ela foi condenada a 39 anos e seis meses de prisão por ter envolvimento na morte dos pais, o casal Manfred e Marísia Richthofen.



Relembre o caso

  • Suzane tinha 18 anos na época do crime e era estudante de direito da PUC-SP;

  • Ela abriu o portão da casa de sua família para que o então namorado e o irmão dele assassinassem seus pais;



  • O engenheiro Manfred e a psiquiatra Marísia foram mortos a pauladas enquanto dormiam;

  • Daniel Cravinhos, namorado de Suzane, foi condenado a 39 anos e seis meses de prisão. O irmão dele, Cristian, a 38 anos e seis meses de prisão.



Desde outubro de 2015 que Richthofen conquistou o regime semiaberto e passou a ter permissão para deixar a cadeia nas saídas temporárias. Em março de 2016, ela conseguiu sair do presídio pela primeira vez na saída temporária de Páscoa.



0 comentário
bottom of page