top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Durante CIF, festa é encerrada por falta de licença para realização do evento

Um paredão de som foi desmontado pelos agentes durante as vistorias


A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), passou por 18 locais neste sábado (18/02) entre blocos de rua e postos de combustíveis para verificar a legalidade dos eventos e combater os "paredões" de som. Um bloco de rua e um paredão de som, que ocorria dentro de um posto de combustível, foram encerrados pela fiscalização por irregularidades.

As fiscalizações se dividiram entre as quatro zonas da cidade. Em uma festa de rua, no bairro Cidade de Deus, na zona norte, os agentes encerraram os festejos por falta de documentação e licença para realização do evento. De acordo com o delegado Rafael Montenegro, chefe do Departamento Integrado de Operações Aéreas, a ação visa garantir a segurança da população durante os festejos de carnaval.


"É a Secretaria de Segurança Pública realizando mais uma CIF, passando por festas e blocos de ruas com objetivo de garantir a legalidade e a segurança da população durante os festejos de Carnaval. Estamos atuando 24 horas por dia, sete dias por semana",  disse o delegado.

Em um posto de combustível, no bairro lírio do vale, na zona centro-oeste, um paredão de som foi encerrado e o público dispersado, de acordo com a ilegalidade do ato. Além do fechamento, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), aplicou uma autuação a um bloco de rua, no bairro Cidade de Deus, por não haver extintores de incêndio à disposição da população.

Ao todo, durante a noite deste sábado a CIF, que é coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), fiscalizou 18 locais  entre  blocos de rua, postos de combustíveis, lojas de conveniência e bares, em todas as zonas da cidade. Participaram da operação, representantes de órgãos do Governo do Estado e da Prefeitura de Manaus.


Efetivo


A CIF contou com agentes da SSP-AM e representantes da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM), Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Secretária de Estado de Assistência Social (Seas) e Secretaria de Estado de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc).


0 comentário

Comentarios


bottom of page