Buscar
  • Adauto Silva

Dupla que roubou motor de polpa da Bemol MPU deu nomes falsos e ele é foragido da polícia; falsários




Por pouco a dupla presa após roubar um motor de polpa na loja Bemol de Manacapuru, não foi colocada em liberdade após audiência de custódia. Presos como sendo Juliana Tais Damascena (26) e Adailson Ferreira da Silva (18), nomes dados por eles na delegacia quando da prisão na tarde desta quinta-feira, 16/06, os dois foram levados hoje pela manhã para audiência de custódia e já estavam com o alvará de liberdade para cumprir pena na mão, quando a 'casa caiu' novamente.


Daniel matou a ex-namora em janeiro deste ano, com um tiro na cabeça, já Thayanne tem passagens por roubo em Manaus, Boa Vista (RR) e Porto Velho (RO). Ambos já iam ser liberados em audiência de custódia, quando a farsa foi descoberta



Após denúncia de que Adailson teria dado nome falso e seria foragido da justiça, a polícia Civil de Manacapuru iniciou uma rápida investigação e descobriu que o ladrão falsário era Daniel Passos de Araújo, foragido da justiça por crime de feminicídio praticado em janeiro desta ano em Manaus.



Já a companheira de Daniel, apresentada como sendo Juliana Tais Damascena, é Taiane.



Uma equipe da PC foi até o fórum de justiça e encontrou a dupla sendo liberada para cumprir em casa a pena pelo assalto à Bemol. Diante do fato o delegado Rodrigo Torres deu nova voz de prisão aos dois. Daniel foi preso por feminicio e Tais por falsidade ideológica e voltaram para a cadeia.



Agora eles devem novamente serem apresentados em audiência de custódia para mais um capítulo dessa história.



Veja matéria do furto na Bemol

Casal furta motor de poupa de loja de Manacapuru, tenta fugir, mas finda preso pela Polícia Militar8


Ele usaram um dispositivo para bloquear o alarme do produto, durante a fuga, ainda tentaram se desfazer do material furtado.



Policiais Militares do 9ºBPM realizaram a prisão de Juliana Tais Damascena (26) e Adailson Feira da Silva (18), os dois são suspeitos de furtar um motor de polpa da loja Bemol de Manacapuru.



De acordo com a polícia, os dois alugaram um veículo em Manaus, atravessaram a ponte e vieram até Manacapuru para cometer o crime, eles entraram na loja por volta das 3h da tarde, foram até o local onde ficam expostos os motores náuticos e utilizando um dispositivo de bloqueio, desativaram o sensor instalado no produto, Adailson então pegou o motor de polpa avaliado em 4.900,00 reais, levou até o carro e junto com a comparsa fugiram.



Um mototaxista que trabalha no ponto da loja, viu a ação e achou estranho a forma que o casal saiu da loja, avisou os vendedores que acionaram imediatamente a polícia, que fez um cerco na cidade.



De acordo com os policiais militares, Juliana era quem dirigia o veículo, eles já estava na rodovia Manoel Urbano, quando foram avistados pela guarnição, e mesmo após a investidas policial, o casal ainda tentou fugir em alta velocidade, durante a fuga, ainda tentaram se desfazer do material furtado, jogando o objeto pela janela do carro.


Ao serem alcançados, a mulher ainda tentou se fazer de vítima, afirmando está sendo sequestrada por Adailson, mas ele logo entregou o jogo e disse que todo o plano foi dela, ele apenas foi ajudar ela no furto.

0 comentário