top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Dia Nacional do Turismo: trabalhadores do setor relatam como é apresentar o Amazonas para visitantes

Só no primeiro semestre deste ano, o Amazonas foi destino de mais de 50 mil turistas


Há mais de 20 anos a rotina do Francisneto Sidou, é mostrar o que o Amazonas tem de mais bonito. Neto, como é conhecido, é guia turístico e realiza passeios de lancha para o encontro das águas dos rios Negro e Solimões, trilhas e comunidades indígenas. Todos os dias ele acompanha turistas do mundo todo.

“É onde vem o meu sustento. Já até experimentei fazer outra coisa. Trabalhar em comboio de balsa, fazendo uma viagem, mas gosto de trabalhar com pessoas, sentir emoções”, afirmou Neto.

Ainda no início dos anos 90, o guia turístico teve oportunidade de fazer um curso na área e, desde então, essa tem sido sua profissão. Para receber os turistas, Neto estuda sobre o Amazonas. É assim que ele torna o passeio ainda mais interessante se envolvendo do início ao fim.


“As pessoas começam a navegar, abrem aquele sorriso e isso a cada dia nos renova, porque cada dia eu conheço pessoas diferentes. Quem tá passeando, quer um momento de alegria e estar em contato com a natureza”, relata o guia.


Assim como Neto, Maria Lucileide também trabalha com turismo. Em um flutuante, no Lago do Janauari (a 27 quilômetros de Manaus) ela apresenta artesanato da região e um pouco da cultura. No local, duas famílias têm como fonte de renda a visita dos turistas.

“Se o turismo não vem, a gente não tem como tirar renda. Se não tiver turismo, não tem como. Então é importante o turismo pra gente trabalhar. Hoje é o que sustenta a gente”, diz Maria.


Só em 2023, o Amazonas já recebeu mais de 50 mil turistas, segundo Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur). De Sorocaba (SP), a empresária Géssica Costa conheceu o Amazonas pela primeira vez.


“Quando eu viajo, a minha expectativa é me surpreender. E eu realmente tenho me surpreendido com a beleza desse lugar. É incrível e eu adoro estar dentro da natureza. Os canais que vão se abrindo no Rio Negro e Solimões,  Encontro das Águas é muito lindo”, diz a empresária.


Amazonas é destaque como destino turístico

 

O mais importante jornal do mundo, o The New York Times, escolheu a capital amazonense como uma das 52 melhores cidades para se conhecer em 2023, dando destaque à culinária amazônica e ao Teatro Amazonas.

Para fomentar ainda mais o turismo na região, o governo do Amazonas tem investido no setor. Em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), 94 alunos foram certificados após concluírem o curso técnico em Guia de Turismo Regional, ofertado gratuitamente. Os guias formados estão atuando em Manaus, Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus) e Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus)


O setor do turismo também abriu 2023 gerando emprego. Conforme o levantamento da Amazonastur, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram 33.166 empregos de carteira assinada, de forma direta e indireta.


A regularização de profissionais no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo, também apresentou um aumento de 13,85%.


0 comentário

Comments


bottom of page