Buscar
  • Adauto Silva

Deu Pity e BO na Toca do Tubarão na noite desta terça-feira

Recém chegado ao Princesa do Solimões, com a missão de fazer a equipe se recuperar no Campeonato Amazonense e evitar a queda para a série B, o técnico Joaci Moura comandou a equipe no último domingo contra o Fast Clube e após a derrota por 2 X 1, Joaci resolveu pedir reforços e dispensar jogadores, que segundo ele não se encaixam no perfil da nova equipe que ele pretende Montar.

Foram dispensados na manhã desta terça-feira, os jogadores Helton, Branco, Bigo e Leozinho. Os jogadores foram dispensados pela manhã e foram informados pela direção de futebol do clube que deveriam deixar a concentração ainda na terca-feira.

Deu Pity e BO

No início da noite uma confusão foi formada no hotel que abriga o time, quando a direção de futebol foi até o local para pedir aos dispensados que deixassem o local. O quarteto alegou que não tinha para onde ir e queria antes de deixar a concentração, acertar a recisão contratual, foi ai que tumultuou a Toca do Tubarão.

Durante a confusão pintou até polícia na área e os atletas foram encaminhados à um outro hotel da cidade onde um apartamento foi alugado pelo Princesa para que eles passassem a noite e nesta quarta-feira tomem novos rumos na carreira.

Segundo o diretor de esportes João Luiz, o acerto foi os jogadores deixarem a concentração ainda ontem pois nesta quarta-feira, novos atletas estão chegando pela ocupar o espaço. "Ficou tudo certo que eles sairiam ainda ontem do hotel, quanto ao acerto contratual todos receberam na última quarta-feira, e não estamos devendo nada para os jogadores, eles foram dispensados, mas o clube não está se excusando pagar os salários referentes ao contrato, mesmo eles tendo sido dispensados", comentou.

João Luiz comentou ainda que não levou polícia para o hotel. "Acho que alguém viu aquela movimentação e pode ter chamado a polícia, mas nós não fomos tirar jogadores do hotel com polícia, e outra o que eles queriam era adiantamento salarial, isso nós não temos como fazer, vsmos pagar sim os direitos deles, mas depois de tudo acordado entre as partes", concluiu o diretor de esportes.

Dos jogadores

Em um áudio de um dos dispensados, o jogador diz que o grupo estava seguindo para a delegacia onde formalizaria uma denúncia contra o clube e quen se sentiu um lixo ao ver a polícia chegar no hotel para expulsa-los de lá.

"Cara nunca passei por isso, me senti um lixo naquela hora", diz o jogador.

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com o atacante Branco, para ouvir a versão do grupo, mas o jogador falou que eles preferem no momento, não se pronunciarem oficialmente quanto ao ocorrido e estão buscando uma solução junto ao clube, para o desentendimento ocorrido na noite desta terça-feira.

0 comentário