top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Detran Amazonas efetua 324 autuações durante fiscalização para coibir os “rolezinhos“

A ação foi realizada no período de 16 a 21 de maio, em pontos estratégicos da capital


O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) efetuou 324 autuações durante uma fiscalização, realizada no período de 16 a 21 de maio, em pontos estratégicos de Manaus. O balanço da operação apontou 54 remoções de motocicletas, 16 registros de alcoolemia e cinco recusas ao teste do bafômetro.

As ações de fiscalização focaram nas motocicletas irregulares usadas pelos integrantes dos “rolezinhos”, os quais causam grandes transtornos à população, por conta da perturbação do sossego público, ocasionado pela descarga livre das motocicletas e atitudes imprudentes.


Segundo o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, as fiscalizações serão cada vez mais frequentes e intensificadas a fim de coibir estes atos. “Conforme determinação do governador Wilson Lima, o Detran Amazonas está sempre a postos para cumprir sua missão institucional, que é garantir um trânsito mais seguro à nossa população e, sobretudo, salvar vidas”, disse.


O coordenador de fiscalização do Departamento, Arthur Cruz, acrescenta que atitudes como o “rolezinho” e o “grau”, que consiste em empinar a motocicleta de forma imprudente, não deveriam interferir no direito dos demais cidadãos que utilizam as vias públicas. “Além dessas irregularidades, o condutor da motocicleta insiste em não utilizar o capacete de segurança, negligenciando, inclusive, os passageiros”, relatou.


 Penalidades


Uma das principais ocorrências flagradas nesse tipo de prática é o condutor que utiliza motocicletas com descarga livre. Ela ocorre quando o escape está apenas com um cano, sem nenhuma espécie de silenciador, o que aumenta o ruído do escapamento, gerando perturbação sonora.


De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a penalidade para esse tipo de conduta é grave e possui multa de R$ 195,23, além de ocasionar a retenção do veículo, o qual só será liberado após a resolução do problema.


0 comentário

Comments


bottom of page