top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Desta vez foi uma criança de 21 meses. Quarta morte por afogamento em Manacapuru nos últimos 7 dias

A pequena Marielle Parente Martins, de apenas um ano e nove meses, estava brincando com a prima quando caiu no rio. Este é o quarto caso de afogamento fatal em Manacapuru nos últimos 7 dias



Está terça-feira, 18 de julho marcada por mais uma tragédia, desta vez na comunidade São Lázaro, no Paraná do Periquito, zona rural de Manacapuru. A pequena Marielle Parente Martins, de apenas um ano e nove meses, caiu no rio, após o banco de madeira (tamborete) a qual ela estava sentada virar, fazendo com que a menina caísse entre as boias de dois flutuantes.



A prima de Marielle, outra crianca que presenciou o fato, gritou por socorro, quando a tia da vítima chegou, ainda viu a menina afundando, mas não teve como pular na água pra salva-la, porque o espaço entre as boias era pequeno e ela está grávida, o que dificultou que fizesse o resgate.


Ainda segundo o registro na Delegacia de Manacapuru, a mãe teria saído pra trabalhar e deixado a filha aos cuidados da tia. Logo após o ocorrido, familiares e comunitários iniciaram as buscas que varou a madrugada, para tentar localizar a criança, porém, sem sucesso.



O Corpo de Bombeiros de Manacapuru foi acionado e solicitou reforço de mergulhadores de Manaus que devem chegar na comunidade ainda na manhã desta quarta-feira (19), para intensificar as buscas pela pequena Marielle.


Essa está sendo uma estatistica diferente para o período. É comum o aumento de casos de afogamento no período de cheia dos rios lagos e igarapés da região, mas este ano em pleno período de vazante, este já é o quarto afogamento fatal em sere dias em Manacapuru.


0 comentário

Comments


bottom of page