Buscar
  • Adauto Silva

Defensoria pública discute providências para atender população atingida pela cheia do Rio Juruá


O “Grupo de Trabalho Enchentes” da Defensoria Pública do Estado do Amazonas se reuniu com o prefeito Raylan Barroso e assessores, para discutir ações que possam ir de encontro aos anseios da população atingida pela cheia do rio Juruá.



O grupo de Trabalho se reuniu nesta terça-feira (6), para tratar da análise e tomada de providências por parte dos defensores públicos quanto às famílias afetas pela cheia.


Durante a reunião, foi discutido as principais demandas do município quanto aos danos causados pela enchente e os prejuízos das centenas de famílias, bem como as ações continuas da prefeitura para estas famílias afetadas.



Segundo o defensor público geral do estado, Ricardo Paiva, a visita do grupo de defensores públicos no município é para ouvir a população afetada pela cheia dos rios, identificar as principais demandas e tomar providências.



“Objetivo da nossa vinda a Eirunepé, é dar continuidade ao projeto da defensoria, “Grupo de Trabalho Enchentes”.

Durante a reunião com o prefeito Raylan, estamos procurando entender a realidade da enchente, como a mesma atingiu o município e, de que forma a defensoria pública pode ajudar. Na interlocução com o Governo do Estado, ou até mesmo sugerir recomendações ao governo, inclusive concessão de auxílios para as pessoas que foram atingidas pela enchente. Estabelecer o diálogo, de que forma trazer soluções para o município.



Serão visitados algumas comunidades afetadas, vamos conversar com a população, entender efetivamente o que aconteceu, quais são as maiores demandas e, mais do que isso, é focar a disposição da população um canal de acesso de atendimento daquelas demandas que tenham relação com a enchente, que a defensoria pública de alguma forma possa ajudar”, disse o Defensor Público Geral do Estado do Amazonas, Ricardo Paiva. O gestor municipal também falou sobre a reunião. “Muito produtiva e importante reunião com a equipe da Defensoria Pública do Estado do Amazonas, sem dúvida será mais uma parceira, nessa batalha que ainda não terminou, que é a questão da enchente histórica do nosso município. Esperamos que possam nos ajudar com as demandas das milhares de pessoas que foram atingidas pela cheia, tanto na zona urbana quanto na rural. O município precisa ainda da mão amiga de todos, para tentar amenizar os prejuízos das famílias alagadas, no mais, podem contar com o apoio prefeitura no que for necessário, para dar suporte aos trabalhos desta importante ação do “Grupo de Trabalho Enchentes” da Defensoria Pública do Estado do Amazonas, e vamos continuar trabalhando para ajudar as famílias afetadas pela cheia, finalizou o prefeito Raylan Barroso

0 comentário