Buscar
  • Adauto Silva

Corpo de paraquedista encontrado em Manacapuru e outro no Paraná do Ariau, são fatos não confirmados

Luiz Henrique Cardelli segue desaparecido após saltar em Manaus, no último dia 15 de abril, entraram no décimo segundo dia nesta terça-feira (26)





Ainda no início da tarde o boato de um corpo encontrado em uma região de Manacapuru, que supostamente seria do paraquedistas desaparecido foi logo descartado pelos meio de comunicação e pela polícia, que não viram condições do suposto corpo ter feito trajeto contrário ao seu deslocamento no dia da queda. Por fim o boato de encontro de cadáver nem se confirmo na cidade.


Em seguida veio um outro encontro de cadáver que também se suspeitou de ser o corpo de Luis Henrique, mas uma tatuagem na perna e a vestimenta do cadáver também descartaram o encontro do corpo de Cardelli.



Bombeiros resgatam corpo em rio no distrito de Ariaú em Iranduba

Comando dos Bombeiros descartou a possibilidade de ser o paraquedista desaparecido desde o dia 15

O Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM) realizou, na tarde desta terça-feira (26/04), por volta das 14h30, o resgate de um corpo, do sexo masculino, na região do rio Negro, no Distrito Ariaú no município Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus).

Imagem forte


O corpo foi encontrado por um comunitário, que apanhava açaí na boca do igapó no Paraná do Ariaú, distante do distrito 15 minutos de barco.


Segundo Maripá Souza Gomes, 45, moradora do Ariaú, o corpo estava em estado de decomposição, trajava uma bermuda jeans azul escura, camisa de cor preta enrolada no pescoço e tinha uma tatuagem de um Tigre na perna esquerda.

O Comandante dos Bombeiros da Capital (CBC), coronel Sulemar Barroso, informou que uma equipe de bombeiros do Pelotão Fluvial foi enviada até a localidade, para fazer a remoção do corpo, e descartou a possibilidade de ser do paraquedista desaparecido desde o dia 15 deste mês.


"O corpo encontrado nesta terça-feira no igapó do distrito de Ariaú apresentava uma tatuagem de um tigre na perna esquerda e o paraquedista desaparecido não tinha tatuagem. A informação também foi confirmada pela ex-esposa do paraquedista, Jessica Santos", disse o coronel

O corpo foi removido do rio com apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e foi entregue para o Instituto Médico Legal (IML) do município de Iranduba.


FOTO: Divulgação/CBMAM

0 comentário