top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Corpo de Bombeiros envia militares para combater focos de incêndio em Borba

Medida foi adotada com base no monitoramento dos índices de focos de calor no período de estiagem

 

O Governo do Estado, por meio do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), enviou, ontem (28/07), uma equipe de bombeiros militares para atuar no combate a incêndios em Borba (a 151 quilômetros da capital). Esta é uma ação emergencial naquele município integrante da região do sul do Amazonas, onde há maior índice de focos de incêndios no período de estiagem.


 

Além desta ação, a corporação também já tem atuado, de forma intensiva, por meio da Operação Aceiro 2023, combatendo focos de incêndios nos municípios de Humaitá, Apuí, Boca do Acre, Lábrea e Manicoré. A medida faz parte do plano de ação do Governo do Amazonas para coibir o desmatamento e as queimadas no período da estiagem.


 

“Nós adotamos a medida de enviar bombeiros para Borba tendo como base o nosso monitoramento de queimadas no sul do estado. Essa é uma ação específica, mas temos a Operação Aceiro 2023 em andamento, que engloba outros cinco municípios com ações de combate até o mês de novembro”, destacou o comandante-geral do CBMAM, coronel Orleilso Ximenes Muniz.


 

Dados da Aceiro 2023

 

De acordo com o sistema do Comando de Bombeiros do Interior (CBI), entre o dia 12 deste mês e a quinta-feira (27/07), 56 focos de incêndios foram combatidos pelas tropas do CBMAM nos municípios de Humaitá, Apuí, Boca do Acre, Lábrea e Manicoré.


 

Conforme os dados, Humaitá é a cidade com o maior registro de ocorrências, com 16 ações de combate a incêndio, seguida por Boca do Acre com 14 casos, Lábrea com 10 registros, Manicoré com oito e Apuí com oito também.

 

0 comentário

Komentarze


bottom of page