top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

CNH Social: Programa bate recorde com mais de 336 mil inscrições em sistema desenvolvido pela Prodam

As inscrições seguem abertas até o dia 19 de junho e podem ser feitas no site www.detrancidadao.am.gov.br

 

A edição de 2023 do Programa CNH Social, promovida pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), registrou até o dia 2 de maio 336.614 inscritos, o maior número da história. Um dos fatores que contribuíram para atingir esse número foi a possibilidade de as inscrições serem feitas eletronicamente, por meio do sistema desenvolvido pela empresa Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam). 

Em todas as edições do CNH Social, a Prodam viabilizou a inscrição de forma digital, proporcionando mais comodidade aos inscritos. Para o diretor-presidente da Prodam, Lincoln Nunes, esse é um exemplo de como a tecnologia pode facilitar a vida das pessoas.

 

“O foco das nossas ações têm sido utilizar a tecnologia para facilitar o dia a dia dos cidadãos amazonenses, tornando a interação com o Governo mais simples e ágil”, enfatizou Lincoln. 

 

O CNH Social possibilita aos candidatos obter a Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (veículo de passeio), ou trocar de categoria B para D (van, micro-ônibus, ônibus). E ainda é possível acrescentar as categorias A e B. O programa também prevê isenção dos cursos especializados de Mototáxi e Motofrete.

 

Inscrições continuam abertas 

 

As inscrições para o programa se encerram apenas em 19 de junho e podem ser realizadas no site do Detran-AM (detrancidadao.am.gov.br). Para participar do Programa, os critérios são: estar inscrito, como titular ou dependente, no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); integrar família comprovadamente de baixa renda; e residir no Amazonas, no mínimo, há 2 anos. Vale ressaltar que é considerada uma família de baixa renda, aquela com renda mensal, per capita, de até meio salário-mínimo ou que a renda mensal seja de até dois salários mínimos.

 

Além dos requisitos mencionados, os interessados também devem ter mais de 18 anos na data do requerimento, saber ler e escrever, apresentar comprovante de residência, ter Cadastro de Pessoa Física (CPF), carteira de identidade ou documento equivalente com foto, título de eleitor ou declaração da Justiça Eleitoral.

 

Desde 2021, quando foi lançado no Amazonas, o programa CNH Social ofertou 40 mil carteiras de motorista gratuitamente. Para a versão 2023, foram disponibilizadas 80 mil vagas, distribuídas por todos os 61 municípios do interior e para a capital. 

0 comentário

Kommentare


bottom of page