Buscar
  • Adauto Silva

Casal segue preso em Manacapuru suspeito de estupro de menina de 12 anos, o pai fez a denúncia




A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), efetuou, na tarde de sábado (22/01), por volta das 14h, a prisão de uma mulher de 49 anos e um homem, de 34. A ação se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável e exploração sexual, tendo como vítima uma menina de 12 anos, que é filha da mulher e enteada do infrator. O crime ocorreu em Manacapuru, porém a prisão da dupla ocorreu no bairro Compensa, zona oeste de Manaus.

De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, as equipes tomaram conhecimento do fato criminoso após o pai da vítima descobrir que a filha estava sendo aliciada pela mãe. A mulher inclusive permitia que a menina mantivesse relações sexuais com um outro homem de 34 anos, em troca de dinheiro e presentes.



“Após recebermos a denúncia, em setembro de 2021, a vítima foi ouvida e, em seguida, submetida a realização de exame de conjunção carnal, além de atendimento psicossocial”, contou Roberta.



A autoridade policial relatou que, assim que a mãe soube que o pai da menina a havia denunciado, a infratora, juntamente com seu companheiro, fugiu para Manaus.


“Representei à Justiça pelo mandado de prisão em nome deles, e a ordem judicial foi expedida pela juíza Scarlet Braga Barbosa Viana, da Comarca de Manacapuru”, relatou a delegada.

Com a ordem judicial decretada, os policiais conseguiram descobrir onde a dupla estava escondida, e se deslocaram até a capital, onde as prisões foram efetuadas.


Procedimentos – O casal responderá por estupro de vulnerável e exploração sexual infantil, e permanecerá custodiado na DEP de Manacapuru, à disposição da Justiça

0 comentário