top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Carnaval na Floresta: CIF visita 15 locais e autua um estabelecimento por irregularidade

Atualizado: 21 de fev. de 2023

O objetivo é fiscalizar a existência de "paredões" de som

 

A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), passou por 15 locais na segunda-feira de carnaval (20/02). Entre os locais fiscalizados estavam blocos de rua e postos de combustíveis para verificar a legalidade dos eventos e combater os "paredões" de som. Um estabelecimento dentro de um posto de combustível foi autuado por falta de vistoria do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM)

 

As fiscalizações se dividiram entre as quatro zonas da cidade. De acordo com o delegado Fabiano Rosas, titular do 7° Distrito Integrado de Polícia (DIP), a ação diária da SSP-AM tem inibido as ilegalidades na cidade.

"É uma determinação do governador Wilson Lima, efetuada pela Secretaria de Segurança, e a gente percebe que as ações estão surtindo efeito e a população não tem realizado os paredões de som ilegal. Passamos por diversos postos e não foi verificada a presença da população ingerindo álcool ou fazendo uso de som alto", disse o delegado.

Em um estabelecimento dentro de um posto de combustível, a CIF aplicou uma autuação por falta do Auto de Vistoria do CBMAM. A CIF foi realizada por servidores de diversos órgãos municipais e estaduais na segunda-feira.

Ao todo, durante a noite de ontem, a CIF, que é coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), fiscalizou 15 locais entre postos de combustíveis, lojas de conveniência e bares, em todas as zonas da cidade.

Efetivo

 

A CIF contou com agentes da SSP-AM e representantes da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM), Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Secretária de Estado de Assistência Social (Seas) e Secretaria de Estado de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc).

 

0 comentário

Comments


bottom of page