Buscar
  • Adauto Silva

Autores da chacina da família Rosas em Codajás foram presos em Beruri pelas Polícias Civil e Militar

As vítimas foram pai, de 71 anos, mãe, de 37, e as duas filhas do casal, de 18 e 14 anos.



Foram presos:

Natalício Ferreira da Silva 58 anos - Natalino Paz da Silva 21 anos - Davi Paz da Silva 30 anos


O CRIME

Quatro pessoas de uma mesma família de Codajás, distante 240 Km de Manaus, foram encontradas mortas a golpes de terçado. Os corpos estavam em duas canoas.


Ainda conforme a polícia, a família teria sofrido um ataque de piratas do rio enquanto pescava. As vítimas foram mortas de forma violenta, com golpes de terçado pelo corpo. As vítimas eram pai, de 71 anos, mãe, de 37, e as duas filhas do casal, de 18 e 14 anos.



Em ação conjunta entre as Polícias Civil, Militar e Guarda Civil de Beruri, foram presos no rio Purus, próximos à comunidade Boca do Beruri, em uma canoa regional com motor rabeta, os suspeitos acima citados, em cumprimento de mandado de prisão temporária da comarca de Codajás. Aduzindo que existem indícios de autoria e materialidade de que os presos, cometeram os assassinatos das vítimas Raimundo Francisco da Silva Rosas, Ana Maria Araujo Lima, Janaína Lima Rosas e Ana Paula Lima Rosas.



Os acusado foram conduzidos até o 80° DIP para os procedimentos cabíveis.



A família saiu para pescar no domingo, 24/10 e não mais retornou. O casal e as filhas moravam em flutuante há quase 20 anos, na Boca do Rio Badajós, em Codajás.


0 comentário