Buscar
  • Adauto Silva

Atirei mas foi sem querer: Polícia investiga tiro dado por padrasto que matou criança de 2 anos

Yasmin Vitória da Rocha, 2 anos, foi vítima de tiro no tórax, deu entrada em um SPA, chegou a ser transferida para o hospital da criança, mas não resistiu e foi a óbito. O fato ocorreu em Manaus, no fim da tarde desta segunda-feira, 20/07.

A criança deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) baleada de arma de fogo, acompanhada pela avó materna. Na hora do suposto acidente Yasmin estava aos cuidados da mãe, acompanhada do seu namorado, padrasto da criança.

Após dar entrada a unidade e receber os primeiros socorros, a criança foi transferida para o Hospital e Pronto Socorro da criança, no bairro da criança, zona oeste de Manaus, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

A mãe e o padrasto, principal suspeito de atirar na criança foram presos por uma equipe da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente, ond3 estão a disposição da justiça.

O Padrastro da crianca disse que o disparo foi acidental. Já a avó diz que ele atirou pra matar, pois não gostava da criança. A policia investiga agora as circunstâncias do suposto acidente.

0 comentário