top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Aparência que Mata》Saiba o que pode ter motivado a morte de 3 médicos no RJ. Atiradores foram mortos


Chacina na Barra/RJ que deixou três médicos mortos e um gravemente ferido, começa ser esclarecida. O que se pensava em relação ao possivel engano e que criminosos poderiam ter confundido Taillon de Alcanrata Pereira com um meliciano da área que estava marcado para morrer, está próximo a ser confirmado como a real causa da chacina.


Segundo a polícia os quatro atiradores que participaram da chacina foram encontrados mortos em dois corpos. A polícia que os homens tenham sido executados após ordem dos criminosos de que as pistas deveriam ser apagadas.



Veja momentos que médicos são executados no quiosque no Rio de Janeiro. Além de Diego Ralf Bomfim, outros dois médicos foram assassinados no ataque; um quarto médico foi levado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge. Confira na íntegra.


 

Confirmado Manacapuru!


 

A determinação para cometer o crime que motivou a chacina foi a aparência do médico Taillon de Alcântara Pereira Barbosa (esq.), filho de miliciano que atu6a no Rio de Janeiro, e Perseu Ribeiro Almeida (dir.), médico assassinado no Rio de Janeiro / Reprodução


Uma das linhas da investigação sugere que um dos médicos mortos, Perseu Ribeiro Almeida, pode ter sido confundido com o filho de um miliciano, pois os dois teriam a aparência física muito próxima.

Segundo essa hipótese, a execução encomendada seria a de Taillon de Alcântara Pereira Barbosa, filho de Dalmir Pereira Barbosa, um dos principais chefes da milícia que atua na zona oeste do Rio.



Mais mortes no caso

Como se fosse pra dar um basta nas investigações do crime que matou os medicos, criminosos mataram os quatro homens que cometeram a chacina por engano.



Em uma rede social Ricardo Cappelli, secretário-executivo do Ministério da Justiça, comentou sobre a notícia de que os corpos de quatro homens suspeitos da execução dos médicos na Barra da Tijuca terem sido encontrados em dois carros.



🗞️ Por esta versão noticiada pela polícia do Rio de Janeiro os criminosos teriam matado os médicos por engano e que o alvo seria Taillon de Alcântara Pereira Barbosa, miliciano que pode ter sido confundido com um dos médicos executados. Um dos três médicos mortos é irmão da deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP), Diego Bomfim



A Polícia segue investigando o caso para saber quais os mandantes e se os corpos encontrados são realmente do quarteto que cometeu a chacina.

0 comentário

Comments


bottom of page