Buscar
  • Adauto Silva

Após homem estuprar e matar criança, populares matam e capam o filho do estuprador

No sábado 08/08, populares revoltadas saíram à procura de José Viana na casa dele; como não o encontraram, assassinaram o filho dele, de 22 anos, e arrancaram a genitália do jovem.


José Viana Lopes, 47 anos, foi preso suspeitos de estuprar e matar uma criança de nove anos no último dia 6 de agosto, na vila de Barro Alto, zona rural de Tomé-Açu. O corpo da garota foi achado ainda na noite do crime, próximo a uma área de igarapé.


O acusado de estuprar e matar a criança de nove anos na cidade de Tomé-Açu, nordeste paraense, foi preso, na tarde desta quarta-feira (12), no terminal rodoviário de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.

De acordo com o delegado Daniel Castro, que realizou a prisão, José Viana foi preso no terminal rodoviário de Belém, mas foi solto em audiência de custódia, nesta quarta-feira (12). Menos de uma hora depois, foi expedida a ordem de prisão temporária. José Viana foi apresentado na delegacia de Ananindeua, após ser novamente preso


Crime Bárbaro gerando Barbaridade


Populares revoltados saíram em busca do estuprador é em meio a revolta, um novo crime bárbaro foi realizado. O grupo chegou a matar e arrancar as genitálias de um filho do suspeito.


No último sábado (8), populares revoltadas saíram à procura de José Viana na casa dele; como não o encontraram, assassinaram o filho dele, de 22 anos, e arrancaram a genitália do jovem.


Fonte: Diarioonline





0 comentário