top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Anamã》Prédios públicos têm energia cortada e população reclama da qualidade da energia fornecida

Pela segunda vez em 7 meses, a energia da Prefeitura de Anamã é cortada e população cobra por respostas



Nesta segunda-feira, 26/06, prédios públicos do município de Anamã tiveram a energia cortada, o desligamento deve-se a uma dívida da prefeitura do município junto a Amazonas Energia, com valores estimados em R$6 milhões de reais.



Prédios como Prefeitura, Câmara Municipal, entre outros logradouros públicos estão sem ter como prestar serviços à população devido à falta de energia. Somente locais onde funcionam serviços essenciais, como saúde e educação, não foram atingidos pela onda de cortes.

As dividas ja se arraastam há anos e cordos para pagamento ja foram firmados, porem a prefeitura nao vem cumprindo e a dívida só aumenta.



A concessionária luta na justiça para receber uma dívida que chega a mais de R$6 milhões. Prédios como o da sede da prefeitura, da Câmara Municipal e do Ginásio da cidade estão entre as unidades consumidoras sem energia.



Segundo informações da concessionária, os prédios penalizados com o corte no fornecimento são os que não abrigam atividades assenciais, como os prédios das escolas e das unidades de saúde. Entretanto, o prédio da UBS, ainda não inaugurado, entrou na lista de corte e se encontra totalmente no escuro.


A prefeitura de Anamã  ficou de emitir nota nesta terça-feira se pronunciando sobre o problema


0 comentário

Comments


bottom of page