Buscar
  • Adauto Silva

Ambulância foi atacada por piratas do rio Solimões 

Uma Ambulancha, que viajava da comunidade "São Pedro do Cunuarú l", levando um paciente para o hospital de Codajás, foi atacada a tiros por piratas que agem no rio Solimões no roubo à embarcações e tráfico de drogas.

Os piratas, homens fortemente armados, dispararam alguns tiros e fizeram a lancha parar, depois entraram na ambulancha reviraram as bagagens e em seguida liberaram. Segundo os passageiros os assaltantes 'barriga d'água', supostamente procuravam armas e drogas. Apesar do susto, por sorte ninguém ficou ferido.

O perigo mora ao longo do rio Solimões. Considerado corredor do tráfico do Amazonas, à região entre os municípios de Codajás (início do médio Solimões) e Manacapuru (baixo Solimões), por ser uma área onde o canal do rio tem sua área de passagem mais estreia, virou área de ataques dos piratas à supostas mulas do tráfico que trafegam pelo local contrabandeando drogas e armas.

0 comentário