top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Amazonas registra 552 novas empresas no mês de fevereiro

Atualizado: 6 de mar. de 2023

O número é o terceiro melhor em constituições de novos empreendimentos para um mês de fevereiro


O governo do Amazonas, por meio da Junta Comercial do Estado (Jucea), registrou no mês de fevereiro deste ano, 552 novas empresas em solo amazonense. O número é o terceiro melhor em constituições de novos empreendimentos para um mês de fevereiro.

Os dados são do Sistema de Registro Mercantil (SRM) da autarquia — vinculado ao Ministério da Economia, e estão disponíveis para consulta no site da Jucea: www.jucea.am.gov.br, na aba serviços/ Estatística.

 

No mês de fevereiro, a Jucea conseguiu também reduzir em mais 20 minutos o tempo médio de abertura de um novo Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) no estado. Atualmente, o empreendedor leva 1h37  para constituir uma nova empresa. Até então, o melhor tempo era de janeiro deste ano, com prazo de 1h57.

 

Segundo a presidente da Jucea, Maria de Jesus Lins, mesmo o mês de fevereiro ser um período atípico, por conta do feriado de Carnaval, o saldo foi positivo.

 

“Estamos atentos às oportunidades de oferecermos nossos serviços e canais de atendimento que atendam de forma rápida e eficiente às demandas dos nossos usuários, mesmo em feriados e pontos facultativos. Uma das vantagens de sermos 100% digital em todo o estado”, destacou a presidente.  

 

Natureza jurídica


Entre os tipos empresariais mais registrados no mês de janeiro, a modalidade de Sociedade Empresária Limitada liderou a procura pelos empreendedores, com um total de 359 constituições. Seguida do registro de Empresário Individual, com 171 aberturas.

 

Municípios


Entre os municípios do estado que tiveram maior número de constituição de novos empreendimentos, destacam-se a capital do Amazonas, com 412 novos registros; seguida de Manacapuru e Tefé, com 12; Iranduba e Itacoatiara com 8; Humaitá, com 7; e Barreirinha e Coari, empatados com 5 novas empresas.

 

Segmentação


Nos dados consolidados pela segmentação de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), a segmentação de serviços obteve 334 novas empresas no mercado, seguida da segmentação de comércio com 183 e de 19 na segmentação de indústria, que manteve o mesmo número de constituições de janeiro.

 

Arrecadação


Outro ponto positivo demonstrado pelo SRM é quanto à arrecadação da autarquia, que foi um total de R$1.207.363,52.

 

Os dados da Jucea não incluem os Microempreendedores Individuais (MEIs), que são constituídos de forma virtual, por meio do portal do Empreendedor, do Governo Federal.

0 comentário

Comments


bottom of page