Buscar
  • Adauto Silva

Amazonas confirma 4.596 novos casos de covid-19 na semana posterior às convenções




O que chama atenção é que na semana posterior aos dias de realização das convenções municipias, onde muito se viu na capital e em todos os municípios do estado, (agromerações e pessoas sem mascaras e espostas à contaminação por parte dos eventos convencionais), foi grande o aumento no número de novos casos da doença.


Vale ressaltar que não foram apenas esses eventos que contribuíram para os pouco mais de 4,5 mil novos casos de covid-19 em uma semana.


Neste sábado, 26/09 foram registrados 136.169 casos confirmados no Amazonas, 49.897 são de Manaus (36,64%) e 86.272 do interior do estado (63,36%).


O Boletim Diário Covid-19 da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), edição nº 178, divulgado neste sábado (26/09), confirma o registro de 964 novos casos de Covid-19, totalizando 136.169 casos da doença no estado.


Conforme o boletim, foram confirmados 22 óbitos por Covid-19, sendo oito ocorridos nas últimas 24 horas e 14 óbitos foram encerrados por critério laboratorial, elevando para 4.022 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, nesta sexta-feira (25/09), foram registrados 33 sepultamentos e três óbitos em domicílio. O boletim acrescenta ainda que 16.506 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, o que corresponde a 12,12% dos casos confirmados ativos.


Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 329 pacientes internados, sendo 213 em leitos clínicos (87 na rede privada e 126 na rede pública), 112 em UTI (54 na rede privada e 58 na rede pública) e quatro em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.



Nesta edição, 19 municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Apuí, Anori, Barcelos, Benjamin Constant, Beruri, Caapiranga, Canutama, Itapiranga, Juruá, Jutaí, Nova Olinda do Norte, Novo Aripuanã, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Tapauá e Tonantins.


Municípios – Dos 136.169 casos confirmados no Amazonas até este sábado (26/09), 49.897 são de Manaus (36,64%) e 86.272 do interior do estado (63,36%).


Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (7.028); Parintins (4.901); São Gabriel da Cachoeira (4.283); Manacapuru (3.916); Tefé (3.646); Humaitá (3.305); Lábrea (2.706); Barcelos (2.620); Eirunepé (2.319); Itacoatiara (2.132); Presidente Figueiredo (2.112); Santa Isabel do Rio Negro (2.095); Carauari (1.998); Iranduba (1.968); Ipixuna (1.893);Tabatinga (1.845); São Paulo de Olivença (1.822); Maués (1.620); Benjamin Constant (1.588); Careiro (1.519); Rio Preto da Eva (1.447); Manicoré (1.419); Pauini (1.359); Autazes (1.305); Boca do Acre (1.299); Santo Antônio do Içá (1.222); Alvarães (1.219); Urucurituba (1.023); Atalaia do Norte (997); Barreirinha (985); Tapauá (971); Nova Olinda do Norte (969); Guajará (933); Itapiranga (894); Nhamundá (843); Beruri (813); Fonte Boa (800); Anori (772); Anamã (763); Borba (711); Uarini (706); Amaturá (705); Urucará (695); Novo Aripuanã (694); São Sebastião doUatumã (617); Tonantins (612); Envira (606); Itamarati (571); Maraã (519); Juruá (510); Manaquiri (491); Novo Airão (477); Silves (447); Japurá (446); Canutama (404); Jutaí (369); Boa Vista do Ramos (364); Caapiranga (313); Codajás (260); Apuí (213) e Careiro da Várzea (193).


Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 2.507 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 60 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.515.


A lista inclui Manacapuru (155); Parintins (128); Coari (107); Tefé (85); Tabatinga (81); Humaitá (77); Itacoatiara (70); Iranduba (56); São Gabriel da Cachoeira (56); Benjamin Constant (40); Lábrea (38); Autazes (36); Maués (35); Manicoré (34); Santo Antônio do Içá (26); Barcelos (25), Presidente Figueiredo (25), São Paulo de Olivença (25); Nova Olinda do Norte (24); Borba (23); Manaquiri (20); Rio Preto da Eva (20); Careiro (19); Fonte Boa (19); Carauari (16); Jutaí (16); Santa Isabel do Rio Negro (16); Tonantins (15); Alvarães (14); Guajará (14); Boca do Acre (13); Nhamundá (13); Barreirinha (12); Novo Aripuanã (12); Anori (11); Uarini (11); Amaturá (10); Beruri (10); Eirunepé (10); Itapiranga (8); Caapiranga (7); Juruá (7); Novo Airão (7); Urucará (7); Urucurituba (7); Ipixuna (6), Itamarati (6), São Sebastião do Uatumã (6); Silves (5); Tapauá (5); Atalaia do Norte (4); Careiro da Várzea (4); Codajás (4); Maraã (4); Pauini (4); Boa Vista do Ramos (2); Envira (2); Anamã (1); Apuí (1) e Japurá (1). Canutama permanece como única cidade amazonense sem óbito.




0 comentário