top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Alunos da rede estadual são premiados no concurso Canguru de Matemática 2023

Competição é considerada uma das maiores e mais importantes olimpíadas do mundo 

 

Alunos das escolas da rede estadual de ensino do Amazonas foram destaques no Concurso Canguru de Matemática 2023. A competição rendeu medalhas de ouro, bronze, prata e menções honrosas aos estudantes. O concurso internacional reúne alunos do 3° ano do Ensino Fundamental até alunos da 3ª série do Ensino Médio, e tem como objetivo ampliar e incentivar o desenvolvimento dos conhecimentos matemáticos.

Entre as escolas que se inscreveram e participaram da competição estão: Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Senador Petrônio Portella; Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Gilberto Mestrinho; Escola Estadual Ten. Coronel Cândido José Mariano (CMPM - V); Escola Estadual (EE) Maria Amélia do Espírito Santo; Ceti Marcantonio Vilaça II; EE Almirante Ernesto Mello Baptista; EETI Machado de Assis; EE Irmã Adonai Politi; EE Amelia Bittencourt Cardinale; EE General Sampaio; EE Itacyara Nogueira Pinho; entre outras. 

O EETI Petrônio Portella participou do Concurso Canguru pela primeira vez esse ano. A inscrição resultou em dez alunos premiados, sendo duas medalhas de prata, três medalhas de bronze e cinco honra ao mérito. O professor Alan Lira falou sobre a nova experiência, tanto para a escola quanto para os alunos.

 

“Como primeira participação acredito que foi um bom resultado. Não sabíamos como seria a prova, mas vamos continuar incentivando nossos alunos a participarem de concursos e olimpíadas para obterem bons resultados que virão conforme o desempenho e a dedicação de cada um,” afirmou o professor. 


Tradição

O Ceti Gilberto Mestrinho também teve quatro estudantes premiados, sendo uma medalha de prata, duas de bronze e uma honra ao mérito. O Ceti já possui um histórico de participar de competições e olimpíadas, como o Canguru. A gestora da escola Larissa Thamys falou sobre a empolgação dos alunos e sobre o incentivo da escola para que os alunos participem. 


“A escola tem se esforçado nos últimos anos para poder proporcionar aos alunos essas oportunidades. Fizemos uma pré-seleção com o apoio de nossos professores de matemática, e convidamos os alunos que tinham interesse. Os mais velhos sabem da importância, já os mais novos ficam entusiasmados, pois, para muitos é a primeira vez que participam. Eles ficaram muito felizes e nós ainda iremos promover a entrega dos certificados para eles”, contou a gestora. 

Conquistas

A Escola Estadual Ten. Coronel Cândido José Mariano (CMPM - V) também foi premiada com cinco medalhas de ouro, oito medalhas de prata, seis medalhas de bronze e uma honra ao mérito. A EE Maria Amélia teve uma medalha de prata, uma de bronze e três honra ao mérito. O Ceti Marcantonio Vilaça II conquistou seis ouro, sete prata, dez bronze e 21 honra ao mérito.

 

Na EE Almirante Ernesto foram uma prata, quatro bronze e duas honra ao mérito. EETI Machado de Assis, uma medalha de prata.  EE Irmã Adonai Politi, um ouro, nove bronze e seis honra ao mérito. EE Amélia Bittencourt, um bronze; EE General Sampaio e EE Itacyara, duas honras ao mérito, cada. 

 

O Canguru

Originado na França e sendo administrado pela Associação Canguru sem Fronteiras (Association Kangourou sans Frontières - AKSF), o Concurso Canguru é considerado a maior competição matemática do mundo, com mais de seis milhões de participantes por ano, nos mais de 80 países.

Com o intuito de favorecer o estudo de maneira interessante e contextualizada, além de aproximar os alunos do universo da Matemática, o concurso acontece no Brasil desde o ano de 2009.

No ano de 2022, o número de estudantes premiados no Amazonas aumentou em 28% sendo a segunda maior porcentagem dos últimos quatro anos com destaque para os estudantes do 5° ao 8° ano do Ensino Fundamental que, não só cresceram em número de inscrições, como também em número de premiações. 

0 comentário

Comments


bottom of page