top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

A arte de ser mãe: cultura que inspira

Na cultura, a figura materna está presente em diversos setores e, muitas vezes, é a maior inspiração para os filhos artistas

 

O Dia das Mães faz parte da nossa cultura e ressalta a importância dessa figura que para muitos é sinônimo de amor, proteção, força e acolhimento. Em vários setores da cultura se reconhece uma mãe que é inspiração, seja no teatro, música ou dança, elas têm protagonismo em tudo que se propõem a fazer.

A produtora cultural e jornalista Liliane Maia por muito tempo participou e trabalhou na divulgação dos eventos culturais da cidade e, por vezes, a filha Melissa a acompanhava em algumas apresentações, como espetáculos de teatro, festivais e musicais. Segundo Liliane, a filha acabou tomando gosto pela cultura, cursou ballet e teatro, chegando a interpretar Mozart no Teatro Amazonas.

 

Melissa conta que, quando teve os primeiros contatos com as artes, já sabia que era isso que queria fazer e a motivação da mãe foi essencial para o futuro que trilharia. Após estudar Design de Moda, a jovem artista se tornou figurinista e, hoje, assina a produção de figurinos de diversos espetáculos do estado, como o da ópera “Anna Bolena”, atualmente em cartaz no Festival Amazonas de Ópera (FAO).

 

“Ela sempre me deu apoio e todo o suporte para que eu pudesse estudar e me aperfeiçoar na área artística, sempre desenhei, fiz teatro, ballet. E ela sempre me incentivou, principalmente quando viu os primeiros frutos profissionais disso, e tive sorte de ter uma mãe sensível que ajudou a me direcionar no mundo das artes”, conta Melissa.

 

Amor que renasce na cultura

 

Aos 5 anos, Mayra Laan queria mudar o mundo. Desde então, a jovem viu no teatro uma ótima oportunidade de se realizar. Participou do grupo de teatro da igreja até se frustrar e partir para o ramo da dança. Apesar dos obstáculos, nunca desistiu de ser artista. De tantos sonhos, a maternidade lhe proporcionou o maior: a pequena Ana Aurora.

 

Com o tempo, a mãe que virou empresária viu florescer na filha o mesmo sonho que cultivou na infância. Quando Ana Aurora contou para a mãe que queria ser artista, Mayra se emocionou e, mesmo com um pouco de receio, colocou a filha no curso de teatro quando viu o potencial que a pequena tinha. Entre aulas e ensaios, sempre junto da filha, Mayra sentiu reacender o amor pelos palcos.

 

“Com a rotina de ensaios, eu ficava incomodada de ficar sem fazer nada e eu pensava que poderia trabalhar em prol dela, na produção. Foi quando ganhei num sorteio, um curso de iniciação teatral, que não iria fazer, mas pensei duas vezes e decidi embarcar nessa novamente”, conta Mayra

 

Para Ana Aurora, fazer teatro é muito prazeroso e o seu desejo é contracenar com a mãe. “Estar com a minha mãe em cena é meu sonho, ela super me incentiva e me apoia também. Ela que sempre me ajudou. E esse sonho vai se realizar no espetáculo Rios de Dentro”, comenta a pequena de 11 anos, que já coleciona diversos personagens no teatro musical.

 

O titular da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, ressalta a importância do dia e a valorização dessas mulheres tão inspiradoras. “Nesse dia tão importante, que é o Dia das Mães, homenageamos todas as mulheres que cuidam e zelam pelos seus, superando tantos percalços, principalmente as artistas e profissionais do setor cultural. O incentivo à arte estimula a imaginação e nos permite sonhar”, conclui Marcos Apolo.


0 comentário

Comments


bottom of page