Buscar
  • Adauto Silva

Iranduba》'Chapéuzinho vermelho do mal' toca fogo na casa com a avó dentro. Idosa morreu carbonizada


Na tarde desta segunda-feira, 13 /06, uma residência foi incendiada no Cacau Pirêra, com uma velhinha de 95 anos dentro.



O caso ocorreu na Rua 7, Bairro Nova Veneza, distrito do Cacau Pireira-Iranduba.



Há dois dias para 15 de Junho: Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a pessoa Idosa, no Distrito do Cacau Pireira-Iranduna, Neta tocou fogo na residência de sua avô de 95 anos de idade com ela dentro. População revoltada quiz linxar a jovem.




Mulher é presa em flagrante após incendiar a própria avó de 91 anos de idade em Iranduba


Cintia Monteiro da Rocha foi presa segurando o isqueiro que usou para assassinar Maria Monteiro da Encarnação. A incendiária estava desaparecida desde domingo (12) e reapareceu para cometer o crime.



Cintia Monteiro da Rocha foi presa em flagrante pelo delegado Orlando Amaral, minutos depois de ter matado queimada a própria avó Maria Monteiro da Encarnação, de 91 anos de idade.


De acordo com Amaral, no momento que foi presa, Cíntia ainda tinha nas mãos o  isqueiro  que usou para incendiar o quarto da avó.



Conforme o delegado, o incêndio aconteceu na tarde desta segunda-feira (13), na rua 7, bairro Nova Veneza, no Distrito de Cacau Pirêra, município de Iranduba.


A polícia foi acionada e quando chegou ao local, o quarto onde a idosa ficava, estava totalmente destruído e o corpo da vítima carbonizado. Cíntia foi presa no local e aparentava estar desnorteada.



Conforme levantamento prévio de informações, a idosa morava em uma casa de alvenaria com duas netas e o marido de uma delas. Vizinhos contaram que a família estava morando há pouco tempo no local. 


Ainda segundo o delegado, há a possibilidade de que a incendiária tenha problemas mentais.


"Os familiares que estavam aqui disseram que ela [Cintia] veio para cá hoje. Alguém pegou ela trouxe para cá hoje de manhã para que cuidassem dela, afirmaram que ela tinha algum problema de deficiência mental. Ela aparenta isso, mas não tenho ainda confirmação . Enquanto não for confirmado esse quadro de problema mental, ela permanece presa", explicou o delegado.


A mulher foi presa e levada para a delegacia local. O delegado disse que ele estava no local do crime aguardando a chegada do Instituto Médico Legal (IML) e dos peritos criminais.


15 de Junho: Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a pessoa Idosa. Em 15 de junho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, conforme declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa no ano de 2006.


0 comentário